AINDA HOJE ERA ONTEM // DE RICARDO VAZ TRINDADE

Qua 01 Abr > Qui 02 Abr 2015 | 21:30 23:00 | Auditório // lotação limitada
17ª SEMANA CULTURAL - 725 ANOS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Sinopse

Somos todos fruto do encontro de uma mulher e de um homem, e, frequentemente, somos também as suas vítimas. As relações humanas são feitas de tantas partes que o mais fácil é faltarem algumas, e por isso vamos amando defeituosamente, com peças soltas e ruídos indesejados, por isso nos desviamos do caminho e sofremos todos os acidentes.

A história que aqui vai contada terminou antes de começar, por isso é importante contá-la, porque ensina o fim antes do começo.

As nossas vidas são as histórias que contamos entre um encontro e outro encontro, sempre diversas, em permanentes mutações, acrescentos e amputações. Uma relação é o compromisso possível entre duas histórias, uma ficção disjunta que só a imaginação pode aguentar.

A história que aqui vai contada começou antes de terminar.

Nuno Camarneiro

Ficha Técnica

Texto Nuno Camarneiro

Direção Artística Ricardo Vaz Trindade

Encenação Luís Pedro Madeira, Marta Félix, Nuno Camarneiro e Ricardo Vaz Trindade

Elenco Luís Pedro Madeira, Marta Félix e Ricardo Vaz Trindade

Produção Executiva Teatro Toitoi

Cenografia Pedro Brígida e Ricardo Vaz Trindade

Figurinos Marta Félix

Música e sonoplastia Luís Pedro Madeira

Desenho de Luz Ricardo Vaz Trindade

Operação de Luz Jonathan Azevedo

Registo Fotográfico do Espetáculo Pedro Medeiros

Registo Videográfico do Espetáculo João Vladimiro

Design de Cabelos Carlos Gago – Ilídio design

Mobiliário de cena cedido por ZTDA (Pedro Brígida Arquitectos)

Apoios CEC – Centro de Estudos Cinematográficos, GEFAC, Ilídio Design, Pedro Brígida Arquitectos, ZTDA

Agradecimentos Agostinho Félix Trindade, Alcinda Antunes, Alice Faria, António Pita, António Trindade, Casa-Museu Dr. Tiago Garrido, David Gaspar, Estela Ribeiro de Melo, Francisco Brígida, Leonor Barata, Miguel Moura Madeira, Nuno Correia Silva, Paula Gaitas

Organização Reitoria da Universidade de Coimbra, TAGV

Informações Adicionais

MARTA FÉLIX
Começou a fazer teatro em Guimarães, no TERB, tendo posteriormente pertencido ao TEUC.
Trabalhou com Nuno Pino Custódio, Ricardo Vaz Trindade, Carlos Marques, Gonçalo Amorim, Hélder Costa, David Pereira Bastos, Joana Providência, Catarina Santana, Projecto BUH!, entre outros.
Para além de atriz, é produtora, tendo colaborado com projectos de Ainhoa Vidal, Costanza Givone e Marionet.
É licenciada em Estudos Artísticos pela FLUC.

 

RICARDO VAZ TRINDADE
Faz teatro desde 1996, ano em que ingressou nas fileiras do CITAC. É licenciado em Arquitectura e frequentou o Mestrado em Teatro da ESTC.
Como intérprete, destaca os espectáculos mais recentes: Coriolano (Enc. Nuno Cardoso); “Arraial” (Dir. André Braga e Madalena Victorino); Sangue e Titus: laboratório de sangue (Enc. de David Pereira Bastos).
Juntamente com o actor Paulo Lima e a pianista Joana Gama fundou, em 2009, o colectivo Esticalimógama, tendo produzido os espectáculos Benny Hall e The Arts Peep Show Caffe.
Foi colaborador do canal Q, no programa diário “Inferno, onde assinou a rubrica Capitão Cultura. Fez a sua estreia no cinema com Der Schlingel, de Paulo Abreu.
Assinou quatro encenações: Deus – uma peça (TEUC); Escorbuto (TEUC/Arte à Parte/TAGV/UC) ; 360 Azorean Torpor (Teatro Toitoi/TAGV/UC) e Rhesus (Teatro Toitoi/TAGV/UC).

Duração do Espectáculo

1h00

Faixa Etária

M/16

Preçário

SESSÕES 21H30
€7
€5 [< 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias]

SESSÕES 23H00
€3,50
€2,50 [< 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias]
Comprar Bilhete
  • partilhar: