A BOA ALMA // MÓNICA CALLE E JP SIMÕES

Qui 05 Mar 2015 | 21:30 | Auditório
17ª SEMANA CULTURAL - 725 ANOS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Sinopse

“Aqui ninguém sabe quem sou. Ninguém sabe quem fui, quem tive de ser. Uma cidade grande tem isso de bom: mudamo-nos de um lado para o outro e já ninguém nos conhece, podemos começar tudo de novo. Não podia continuar na rua da estação dos caminhos de ferro, nas ruas à volta da estação. E era fácil ir embora, tudo o que tenho cabe na pequena mala de viagem”. Luís Mário Lopes, in A Boa Alma

 

A Boa Alma estreou em janeiro de 2015 num novo espaço teatral em Lisboa, a Casa Conveniente/Zona Não Vigiada, na Zona J de Chelas. O espetáculo A Boa Alma foi concebido numa lógica de percurso que teve início em dezembro de 2014 com o projeto Zonas Não Vigiadas ou Os Sete Pecados Mortais, ou Ensaio para uma cartografia: uma digressão em sete noites consecutivas, com sete excertos de A Boa Alma, por sete espaços de criação da capital, em que o público foi convidado a acompanhar um percurso artístico e pessoal da criadora rumo à Zona J de Chelas e, posteriormente, ao Porto e a Coimbra. Este percurso está agora condensado no auditório do TAGV.

Ficha Técnica

Texto original de Luís Mário Lopes

Inspirado na obra A Boa Alma de Setsuan de Bertolt Brecht 

Com Mónica Calle e JP Simões

Direção artística, encenação e interpretação, cenografia e luz Mónica Calle

Letras e música original, interpretação (atuação ao vivo) JP Simões

Assistência de encenação Alexandra Gaspar

Fotografia Bruno Simão

Vídeo Eduardo Breda

Produção executiva Casa Conveniente/Zona Não Vigiada

Assistência de produção, frente de sala e divulgação na Zona J Ana Rocha

Montagem e frente de sala na Zona J Bruno Candé Marques

Apoio à produção na Zona J Mário Fernandes

Uma produção Casa Conveniente / Zona Não Vigiada

Coprodução mala voadora / TAGV

Residência artística mala voadora.porto

Organização Reitoria da Universidade de Coimbra, TAGV

Projeto financiado pelo Governo de Portugal – Secretário de Estado da Cultura, DGArtes

A Casa Conveniente / Zona Não Vigiada tem o apoio do Programa BIP/ZIP Lisboa 2014 – Parcerias Locais e da CML – Pelouro da Habitação e Desenvolvimento Local

Duração do Espectáculo

2h00

Faixa Etária

M/16

Preçário

€7
€5 [< 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias]
Comprar Bilhete
  • partilhar: