Composição em Tempo Real

Ter 22 Mai > Qua 23 Mai 2018 | 18:00 | Sala B LIPA/TAGV
— Com João Fiadeiro

Sinopse

Já todos vivemos a experiência de perdermos o “fio à meada”, de perdermos o “norte”, não sabermos o fim de algo e de, por breves instantes, sermos mergulhados num estado de incerteza em relação “ao que aí vem”. Sabemos como esse estado desperta inúmeras tensões internas no corpo, transformando-o num verdadeiro campo de batalha, onde a evidência lógica de “não sabermos” se opõe ao reflexo natural de “nos protegermos”. Para quem quer quebrar esse padrão de relacionamento com o (seu) tempo, a questão coloca-se da seguinte maneira: como substituir a dependência que temos em relação a um futuro que sabemos não poder ser antecipado? Como preencher esse vazio? Esse vácuo?

João Fiadeiro tem orientado com regularidade workshops em diversas escolas e universidades nacionais e internacionais. Atualmente frequenta o doutoramento em Arte Contemporânea do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra.

Ficha Técnica

Fotografia Cristiano Prim

Festivais e Prémios

João Fiadeiro pertence à geração de coreógrafos que emergiu no final da década de oitenta e que, na sequência do movimento “pós-moderno” americano e dos movimentos da Nouvelle Danse francesa e belga, deu origem à Nova Dança Portuguesa. Grande parte da sua formação é feita entre Lisboa, Nova Iorque e Berlim, tendo depois sido bailarino na Companhia de Dança de Lisboa (86-88) e no Ballet Gulbenkian (89-90). Em 1990 fundou a Companhia RE.AL que, para além da criação e difusão dos seus espetáculos, apresentados com regularidade um pouco por toda Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália e América do Sul – acompanhou e representou artistas emergentes, ao mesmo tempo que no âmbito da programação do Atelier Real, acolheu artistas em residência e apresentou artistas e eventos transdisciplinares. Entre 1995 e 2003 colaborou com os Artistas Unidos na qualidade de responsável pelo “movimento dos actores”, tendo encenado, para essa companhia, dramaturgos como Samuel Beckett, Sara Kane ou Jon Fosse. Entre 2011 e 2014 co-dirigiu, com a antropóloga Fernanda Eugénio, o centro de investigação AND_Lab em Lisboa, uma plataforma de formação e pesquisa na interface entre criatividade, sustentabilidade e quotidiano. Após uma pausa de 6 anos em que se dedicou exclusivamente ao processamento e sistematização do método de Composição em Tempo Real, cruzando a sua investigação com áreas científicas como a neurociência ou as ciências dos sistemas complexos.

Duração do Espectáculo

5h00 p/dia

Faixa Etária

aberto a qualquer pessoa que tem interesse por práticas de improvisação e composição

Preçário

Máx 15 inscrições
Informações e inscrições producao@tagv.uc.pt
€40
€20 estudante

acesso gratuito ao espetáculo From Afar it Was an Island — 25 junho 21h30
  • partilhar: