DUAS COISAS, DOIS MITOS // JOSÉ MARIA VIEIRA MENDES

Sex 28 Nov 2014 | 14:00 | Casa das Caldeiras
AULA ABERTA/FLUC // CONVERSA MITOLÓGICA SOBRE TEATRO E LITERATURA NO ÂMBITO DO PROJETO CONFERÊNCIAS MITOLÓGICAS

Sinopse

Conferências Mitológicas é um projeto de José Maria Vieira Mendes, do Teatro Praga. Assente num ciclo de discursos, o autor seguirá parte do trabalho de investigação, a que se tem dedicado nos últimos três anos, sobre a história do teatro e da literatura dramática e a sequência de mitos ou narrativas que foram sendo construídos pela crítica teórica e pelos próprios artistas culminando numa contemporaneidade que, em muitas ocasiões, revela pouco esclarecimento e replica disputas paralisantes.

Mas mais do que discursos sobre teatro, as Conferências Mitológicas pretendem abarcar um pensamento sobre o mundo que do teatro vai à arte e da arte à vida, apresentando-se assim como momentos de reflexão sob diferentes formatos e sobre diferentes assuntos.

É com uma atenção especial aos abusos ideológicos e à criação de falsas evidências que as Conferências Mitológicas irão orientar os seus discursos, ou seja, olhar a atualidade procurando traçar-lhe a história sem, em algum momento, se excluir dela.

Para cada discurso, e dependendo do seu lugar de apresentação, será pensado um texto e um formato, um tema e um conteúdo.

Ficha Técnica

Parceria // Centro de Dramaturgia Contemporânea Curso de Estudos Artísticos da Faculdade de Letras UC/FLUC, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra/CEIS20, TAGV

Informações Adicionais

Escreve e traduz para teatro. Traduziu peças de Beckett, H. Müller, Fassbinder, René Pollesch, Noel Coward e B. Brecht, etc. Foram produzidos, entre outros, os seus textos Dois HomensT1; A minha mulher; O Avarento ou A última festa; Ana; Paixão Segundo Max; Padam Padam; Um mais um; e dois libretos para óperas de Nuno Côrte-Real e António Pinho Vargas. Em Portugal, as suas peças acham-se coligidas em Teatro (Cotovia, 2008) e publicados nas edições dos Artistas Unidos. Estão traduzidas e publicadas em mais de uma dezena de línguas estrangeiras, com produções no Brasil, Espanha, Alemanha, Suécia e Áustria. Dirige workshops e participou em conferências sobre o seu trabalho não apenas em Portugal mas também no estrangeiro. Desde que se juntou ao Teatro Praga, em 2008, colaborou em praticamente todas as criações. Foi distinguido, entre outros, com o Prémio Revelação Ribeiro da Fonte 2000, Prémio ACARTE/Azeredo Perdigão 2000 e Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António J. da Silva 2006. Prepara a sua tese de doutoramento no programa de Teoria da Literatura da UL em parceria com o programa Inter-Arts na Freie Universität em Berlim e o Dep. de Filosofia da Linguagem da U. Nova de Lisboa.

Duração do Espectáculo

3h00

Faixa Etária

Todos os públicos

Preçário

Entrada livre
  • partilhar: