Geography. Performance acusmática / Vitor Joaquim

Qua 28 Set 2016 | 21:30 | Auditório TAGV (lotação limitada)
PERFORMANCE, AGORA! :: performance acusmática / música eletrónica

Sinopse

“Com Geography, queria olhar em volta e esquecer a individualidade e infinitude. Mergulhar nos conceitos de Jared Diamond sobre a geografia e com a espécie humana evoluiu.” Vitor Joaquim improvisador eletrónico, compositor e artista media. Formou-se em cinema nas áreas de som e realização. Compôs para dança, teatro, instalações e multimédia. Apresenta-se regularmente ao vivo, um pouco por toda a Europa, ora a solo ora em colaborações diversas com criadores das mais variadas áreas. Ao longo dos últimos anos desenvolveu trabalho regular em composição para dança contemporânea em Portugal, França, Espanha, Bélgica e Alemanha.

Ficha Técnica

Performance inserida no Ciclo Conceitos e Dispositivos de Criação em Artes Performativas

Apoio direto pontual Direção-Geral das Artes (DG Artes)

Coprodutores Teatro Académico de Gil Vicente / Pensamento Voador

Apoios Câmara Municipal de Santarém, Câmara Municipal de Cantanhede, Galeria de Santa Clara (Coimbra), Instituto Politécnico de Coimbra – Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra, Editora Annablume – Universidade Estadual de Campinas, PACT Zollverien (Alemanha), Alkantara Festival, Centro
de História de Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século 20 – CEIS20, Teatro Académico de Gil Vicente

Print

Informações Adicionais

Vitor Joaquim vive e trabalha no Porto. Improvisador eletrónico, compositor e artista media. Ao longo dos últimos anos desenvolveu trabalho regular em composição para dança contemporânea em Portugal, França, Espanha, Bélgica e Alemanha. Tem editados cinco discos a solo, e cerca de duas dezenas de colaborações, compilações e remisturas internacionais. Em 2014 foi nomeado para os Qwartz Awards com o cd “Filament” e a Indie Rock Magazine considerou-o como um dos melhores discos do ano ambient/drone.  O cd “Flow” foi considerado pela revista Wire como um dos melhores discos de música eletrónica de 2006 e o seu primeiro disco “Tales from Chaos” (1997) foi considerado pelo jornal Público e pelo Expresso como um dos dez discos mais importantes do ano, e um dos dez mais importantes da música electrónica portuguesa de sempre. Atualmente é investigador no CITAR, Centro de Investigação da UCP Porto, onde é igualmente professor.

Duração do Espectáculo

1:00

Faixa Etária

M12

Preçário

€7
€5 [< 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias]
€2 [escolas / informações e reservas producao@tagv.uc.pt]

Comprar Bilhete
  • partilhar: