MOSTRA ESPANHA 2015

Qua 14 Out 2015 | 21:30 | Auditório (lotação limitada)
HABRÁS DE IR A LA GUERRA QUE EMPIEZA HOY > TEXTO E DIREÇÃO DE PABLO FIDALGO LAREO

Sinopse

“Para o meu querido irmão Manolo, com a saudade originada pelos anos e pela distância”.

Esta dedicatória, num manual de origami titulado Papirozoo que Pablo Fidalgo Lareo encontra na biblioteca da sua casa há três anos, é o início de Habrás de ir a la guerra que empieza hoy. O início de um processo de reconstrução da história da sua família e da história de Espanha. O início do encontro com a figura fascinante do seu tio-avô Giordano Lareo: preso durante a guerra civil espanhola, exilado depois de escapar in extremis da execução, e também professor, tradutor, tesoureiro da República no exílio, representante da Nestlé na Patagónia, inventor de um sofá-cama e origamista, autor do primeiro manual de papiroflexia publicado na Argentina. Nesta peça, que é simultaneamente um encontro e um baile final, volta à vida Giordano Lareo, tentando tornar presente o que faz parte do passado, tentando explicar a história de Espanha e a nossa própria história. A Argentina converte-se assim na terra prometida, onde é preciso preparar-se para a guerra, pôr a salvo as ideias, onde educar o olhar para uma paisagem infinita que nos acompanhará até ao fim.

Ficha Técnica

Direcção e texto Pablo Fidalgo Lareo

Interpretação Cláudio da Silva

Desenho de luz José Álvaro Correia

Espaço sonoro João Galante

Técnico Nuno Figueira

Apoio artístico e produção Amalia Area

Aconselhamento artístico Cláudia Dias

Produção e difusão Carla Nobre Sousa/Materiais Diversos

Coprodução Teatro Municipal Maria Matos (Lisboa), Festival TNT (Terrassa), Festival BAD (Bilbao), Festival de Otoño a Primavera (Madrid)

Com o apoio Espaço Alkantara (Lisboa), Museo de Arte Contemporánea de Vigo (MARCO)

Apresentado em Portugal com o apoio Mostra Espanha 2015

Organização Secretaria de Estado de Cultura de Espanha

Espetáculo falado em espanhol (com legendagem) e em português

Festivais e Prémios

CIRCULAÇÃO > 2015

MARCO Museu de Arte Contemporânea de Vigo, Vigo (antestreia) – 26 Setembro

Festival TNT Terrassa Noves Tendències; Barcelona (estreia) – 1 Outubro

Teatro Municipal do Porto/Rivoli, Porto – 3 Outubro

Teatro Maria Matos, Lisboa – 7 Outubro

Teatro Aacadémico de Gil Vicente, Coimbra – 14 Outubro

Festival Verão Azul, Lagos – 23 Outubro

BAD 2015, Festival de Teatro y Danza Contemporánea de Bilbao, Bilbao – 26 Outubro

Informações Adicionais

Pablo Fidalgo Lareo (Vigo, 1984) é escritor, criador teatral e comissário independente. Publicou os livros de poemas La educación física (2010), La retirada (Prémio Injuve 2012) e Mis padres: Romeo y Julieta (2013). Os meus pais: Romeu e Julieta será publicado em português pela Averno. Uma antologia da sua obra foi publicada na Argentina com o título Contra mí vivíamos mejor (2014). Apresentou o seu trabalho em Espanha, Portugal, Itália, Polónia, Brasil, Argentina, Chile e Uruguai. Criou recentemente a peça teatral O estado salvaxe, Espanha 1939 (2013) e participou no projeto PANOS (2015). Dirige o projeto MARCO Escena em Vigo e é diretor artístico do Festival Escenas do Cambio em Santiago de Compostela. Vive em Lisboa desde 2013.

Duração do Espectáculo

1h30

Faixa Etária

M/12

Preçário

€7
€5 [< 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias]
Comprar Bilhete
  • partilhar: