KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã

Qua 01 Fev > Sex 03 Fev 2017 | 10:00 15:00 18:30 21:30 | Auditório TAGV
cinema :: Mostra de Cinema de Expressão Alemã

Sinopse

A KINO, que pelo quarto ano consecutivo se apresenta em Coimbra, abre a Mostra com a mais recente obra cinematográfica de Doris Dörrie, Fukushima, meu Amor/Grüße aus Fukushima um filme que narra, num contexto atual, a viagem de uma jovem mulher ao Japão. Para além de Doris Dörrie, há mais três realizadoras que cunham o programa deste ano: com 24 Semanas/24 Wochen filme que esteve representado na competição da Berlinale 2016, Anne Zohra Berrached marca novamente presença no programa da KINO, enquanto Quatro Reis/Vier Könige de Theresa von Eltz é uma primeira longa-metragem. O programa encerra com Selvagem/Wild de Nicolette Krebitz, um dos filmes mais surpreendentes e provocadores do mais recente cinema alemão.

A fuga e o refúgio, dois dos temas centrais da mostra em 2016, estão novamente em destaque com Babai de Visar Morina, e o documentário Friedland de Frauke Sandig. Assim, também do ponto de vista geográfico, a Mostra volta a oferecer um olhar para um quadro mais alargado. Desejamos a todos uma viagem emocionante pela KINO 2017.

Ficha Técnica

Produção Goethe-Institut Portugal

Informações Adicionais

QUA 01 21H30

Fukushima, meu Amor/Grüße aus Fukushima De Doris Dörrie

Marie, uma jovem alemã, viaja para o Japão fugindo de sonhos desfeitos. Associa-se à organização Clowns4Help, que pretende levar às vítimas da tripla catástrofe de Fukushima, em 2011, um pouco de alegria nos abrigos de emergência onde se encontram, e em que continuam a viver sobretudo pessoas idosas porque não quiserem ou não puderam sair dali. Contudo, Marie reconhece rapidamente que não está à altura daquela tarefa. Pouco antes de voltar a fugir, encontra a obstinada Satomi, a última geisha de Fukushima, que decide à viva força regressar à sua casa destruída, no perímetro da zona de exclusão. Marie ajuda Satomi a fazer a mudança e a instalar-se. Durante este tempo, a jovem e a mulher idosa, que não poderiam ser mais diferentes uma da outra, aproximam-se gradualmente, e ambas são confrontadas com os fantasmas do passado. Depois de “Kirschblüten – Hanami”, Doris Dörrie, também autora do guião, regressa ao Japão. O seu drama a preto-e-branco narra uma história universal e poética sobre largar e dar continuidade à vida.

Origem Alemanha, 2016

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h50

M12

 

QUI 02 10H00 (sessão escolas)

Labrão/Reuber De Axel Ranisch

Quando Robby é incumbido de tomar conta da irmã mais nova, acontece o que não pode acontecer: enquanto está a comprar doces no supermercado para ela, a irmã é roubada juntamente com o carrinho de bebé. Robby não tem coragem de regressar a casa e foge. Acaba por dar consigo na floresta e encontra o mágico Stefan, que quer a infância de Robby. Encontra também o capitão de um bando de ladrões, Rüdiger, que anda a rondar a floresta com a sua catana. Não admira que, em pouco tempo, Robby se veja em grandes dificuldades. Mas depois tem uma ideia. Ele pode aprender a roubar com o senhor Labrão, assim poderá roubar a irmã a quem a roubou. É mais fácil dizê-lo do que fazê-lo, pois o mágico Stefan engana-o estrondosamente. Mas depois de fazer o curso de ladrão, ele há-de vingar-se! E com o seu grande amigo Labrão tem um cúmplice perigoso a seu lado. Um conto maravilhoso, narrado de forma não convencional e com grande sentido de humor.

Origem Alemanha, 2011-2013

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h15

M6

 

QUI 02 18H30

Os quatro Reis/Vier Könige De Theresa von Eltz

Aproxima-se a noite de Natal, aquele dia do ano em que tudo deve estar bem. Dia de esperança, de expetativa, de desilusão, dos presentes, das luzes, da solidão e da saudade. Dia da família. Como os conflitos familiares escalaram lá em casa, quatro jovens muito diferentes entre si vão passar a véspera de Natal no serviço de psiquiatria. Para sorte deles, contam com o apoio de um médico pouco convencional, que trata os seus jovens pacientes de igual para igual. Assim, vê em todos eles os seus pontos fortes e confia mais neles do que eles próprios. Passam um Natal em conjunto, um Natal que nenhum deles irá esquecer – cheio de desafios e tristeza, mas também cheio de ironia e surpresas. Um Natal em que muita coisa entra em movimento…

Origem Alemanha, 2014-2015

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h40

M12

 

QUI 02 21H30

24 Semanas/24 Wochen De Anne Zohra Berrached

Astrid, artista de cabaret, faz rir as pessoas. O marido é o agente dela. Os dois são uma equipa experiente, têm uma filha de nove anos e esperam um segundo filho. Quando ficam a saber que este filho não nascerá saudável, começam por enfrentar com grande otimismo este desafio, que mal podem ainda avaliar. Porém, quanto mais se aproxima a data do nascimento, maiores se tornam as preocupações de Astrid relacionadas com o futuro do recém-nascido, bem como da família e da profissão. Depois de muitas discussões e conversas sobre o assunto, Astrid chega à conclusão de que a decisão, que afecta a vida de todos, só pode ser tomada por ela própria. Isto torna-se tanto mais complicado por ser uma artista de sucesso, com grande visibilidade nos meios de comunicação social. “24 Semanas” é a segunda longa-metragem da jovem realizadora de Erfurt, Anne Zohra Berrached, e teve a sua estreia mundial no concurso do Festival de Cinema de Berlim.

Origem Alemanha, 2016

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h40

M12

 

SEX 03 15H00

Friedland De Frauke Sandig

Nunca, desde a II Guerra Mundial, houve em todo o mundo tantos seres humanos a fugir de guerras e conflitos como hoje. Se conseguirem chegar à Alemanha, muitos vão para Friedland – uma localidade na Baixa Saxónia que tem longos anos de experiência com destinos de refugiados. Em setembro de 1945, a administração militar britânica abre o campo de refugiados. É a primeira estação para milhões de pessoas deslocadas e soldados que regressam da guerra. Hoje em dia, Friedland é o primeiro campo de acolhimento para candidatos a asilo político. Frauke Sandig acompanhou refugiados da Síria, Eritreia, Afeganistão e Paquistão durante a sua permanência no campo – e falou também com alemães que vieram para Friedland nos primeiros tempos. Todos têm histórias dramáticas para contar. Quais as diferenças e quais as semelhanças de sentimentos, experiências e esperanças das pessoas naquele lugar onde se cruzam tantas histórias de fuga?

Origem Alemanha, 2015

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h25

M12

 

SEX 03 18H30

Babai De Visar Monar

Nori, um rapaz de dez anos e o seu pai Gesim vendem cigarros juntos nas ruas do pré-guerra do Kosovo dos anos 90. Gesim não quer que se fale da mãe de Nori. Escapar ao passado faz parte do forte do pai. Quando Gesim quer escapar do Kosovo sem Nori, o filho opõe-se veemente, tentando impedi-lo com todos os meios. Ocorre um acidente e o pai apavorado traz seu filho para o hospital. Quando Nori tem alta do hospital, o pai havia partido secretamente. “Babai” narra a história segundo a perspetiva de Nori e segundo o seu próprio ritmo. Suprimindo a dramatização artificial e o forte poder das imagens, Morina aborda o tema da fuga desligado dos focos atuais à luz do contexto dos Balcãs dos anos 90.

Origem Alemanha, Kosovo, Macedónia, França, 2015

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h45

M12

 

SEX 03 21H30

Selvagem/Wild De Nicolette Krebitz

A introvertida Ania vive sozinha num pequeno apartamento de um bairro com edifícios pré-fabricados. O emprego que tem numa empresa tecnológica não a realiza e é humilhada regularmente pelo seu chefe, Boris. No entanto, o seu dia-a-dia altera-se subitamente quando, um dia, a caminho do trabalho, tem um encontro estranho: de repente, no meio do parque da cidade, fica diante de um lobo. Olham-se olhos nos olhos, e ela fica com a sensação de que a sua vida tem sido uma anedota. Aquele momento não a larga, tal como o pensamento de voltar a encontrar o lobo e não deixar que ele volte a ir embora. Ania torna-se uma caçadora, cria pistas e consegue capturar o animal selvagem. Fecha-o dentro do apartamento e vai largando, pouco a pouco, as amarras que a prendem à vida burguesa.

Origem Alemanha, 2015

Legendado em português do Brasil

Auditório TAGV

Duração aprox. 1h30

M16

Preçário

€3,5
€3 < 25, Estudante, > 65, Grupo + 10, Desempregado, Parcerias
€10 assinatura Kino 2017
€1 p/aluno grupo escolar
Comprar Bilhete
  • partilhar: