OFICINA DE ESCRITA // PATRÍCIA PORTELA // FESTIVAL END

Dom 22 Mar 2015 | 16:00 | TEUC e TAGV [Sala de Espelhos]
CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA // 17ª SEMANA CULTURAL - 725 ANOS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Sinopse

Após a Oficina em 2014 centrada na ideia de literatura enquanto acto físico, com este novo módulo pretende-se oferecer um espaço de laboratório para a transgressão dos limites do processo de pesquisa literária, autoria e exploração performativa das possibilidades dramatúrgicas durante um processo de criação transdisciplinar. Como ponto de partida utilizaremos Theatre Piece, o “guião/partitura de John Cage, e o manifesto antropofágico de Oswald de Andrade.

Pretende-se com este módulo promover o contacto e o contágio entre diferentes formas artísticas e diferentes artistas num ambiente de máxima liberdade criativa e intensa colaboração.

 

Programa Paralelo Festival END – Encontros de Novas Dramaturgias

Dia 22 > 16h às 21h, Sala de Espelhos, TAGV

Dias 23, 24 e 26 > 17h às 21h, TEUC

Informações e inscrições // festival.end@gmail.com

[envio de curriculum vitae ou carta de motivação com respetivos contatos]

Ficha Técnica

Organização Reitoria da Universidade de Coimbra, TAGV

 

Informações Adicionais

Patrícia Portela Autora de performances e obras literárias, vive entre Portugal e Bélgica. Estudou cenografia e figurines em Lisboa e Utrecht,cinema em Ebeltoft, na Dinamarca, e Filosofia em Leuven, na Bélgica. Entre 1994 e 2002 trabalhou como figurinista e/ou cenógrafa para muitos das mais importantes companhias e realizadores independentes em Portugal recebendo o Prémio Revelação 94 pelo seu múltiplo trabalho para performances e para cinema. Foi uma das fundadoras do grupo O Resto em 1996 e da Associação Cultural Prado em 2003, onde colabora com artistas nacionais e internacionais. Criadora de performances e instalações transdisciplinares, itinera com regularidade pela Europa e pelo mundo. Reconhecida nacional e internacionalmente pela peculiaridade da sua obra, recebeu vários prémios (dos quais destaca o Prémio Madalena Azeredo de Perdigão/F.C.G. para Flatland I ou o Prémio Teatro na Década para Wasteband) e é considerada uma das artistas e autoras mais desconcertantes da sua geração.Autora de Para Cima e não para Norte (2008) e de Banquete (2012, finalista do Grande Prémio de Romance e novela APE), participou no 46º International Writers Program em Iowa City em 2013 e foi a primeira Outreach Fellow da Universidade de Iowa City.Leciona dramaturgia com regularidade desde 2008 no Forum Dança e em diversas instituições culturais e universidades.

Duração do Espectáculo

17h00 [total da Oficina]

Preçário

€20 público em geral
estudante // participação gratuita

  • partilhar: