PÂNTANO // DE MIGUEL MOREIRA // MÊS DA DANÇA

Qua 22 Abr 2015 | 21:30 | Auditório
17ª SEMANA CULTURAL - 725 ANOS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Sinopse

Os peregrinos são pessoas que resolvem fazer uma profunda reflexão sobre si mesmos em movimento. Há uma postura de solidão e sacrifício, numa procura de um pensamento para o homem de hoje. São espaços criados pelo peregrino em movimento. “Espaços limite, neutros, onde as normas e os preceitos se diluem na fronteira entre a vida civilizada e o mundo selvagem…” (in prefácio Cais Oeste de Bernard-Marie Koltès by Ernesto Sampaio). Constrói-se a possibilidade de um encontro entre estas pessoas em movimento/peregrinas e estas pessoas constroem um pensamento solidário e coletivo. “E agora? Por onde? Como? Meu Deus! Por aqui?” (in Cais Oeste de Bernard-Marie Koltès) Miguel Moreira

Ficha Técnica

Direção Miguel Moreira

Intérpretes/Cocriadores Alan Falieri, Catarina Félix, Francisco Camacho, Romeu Runa

Música Bentes – Projecto SHHHH, Carlos Zíngaro

Luz João Garcia Miguel/Jorge Rosado

Fotografia Helena Gonçalves

Produção Útero em coprodução CCVF, Culturgest , Lecentquatre, Teatro Nacional São João

Teatros associados Centro Cultural de Ílhavo, Cine-Teatro Avenida, Teatro Académico de Gil Vicente, Theatro Circo Braga

Residência artística CCVF, Centro Cultural de Ílhavo, Eira, Le Cent Quatre. O Útero está integrado no projecto Guimarães 2012-2016 e é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal – Secretário de Estado da Cultura/ DGArtes

Foto Leonor Fonseca

Organização Reitoria da Universidade de Coimbra, TAGV

Informações Adicionais

MIGUEL MOREIRA

Fundador e diretor do Útero, estreou-se na encenação em 1997 no Teatro O Grupo. Trabalhou no coletivo Olho, no Teatro O Bando e com, entre outros, João Brites, João Garcia Miguel, Paulo Castro, Demarcy Mota, Carlos Afonso Pereira, Ana Nave, Tiago Rodrigues, Teatro Praga, Joaquim Benite, Vera Mantero, Olga Roriz, Rui Horta, Ana Borralho e João Galante. Colaborou com a Orchestrutopica e com Pedro Carneiro. Trabalhou em cinema e em televisão. As suas criações recentes assumem definitivamente o lugar do corpo e da coreografia. Tem desenvolvido a sua pesquisa em colaboração com os bailarinos Romeu Runa, Catarina Félix e Sandra Rosado. Criou com Romeu Runa The Old King, que teve presença na Programação Oficial do Festival de Avignon.

 

MÊS DA DANÇA

Desde a temporada 2011-12, o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) vem conferindo um amplo espaço à dança contemporânea portuguesa e internacional. Para além do dia mundial da dança, assinalado todos os anos, a programação regular de dança incluiu, nestas últimas três temporadas, coreógrafos como Rui Horta, Cláudia Dias, Wim Vandekeybus, Constanza Macras, Filipa Francisco, Francisco Camacho, Olga Roriz (com a CNB), Leonor Barata, Clara Andermatt (com a Companhia Maior), entre outros. O Ciclo Mês da Dança condensa, no espaço de um mês, a apresentação de espetáculos de referência nacional, com assinaturas artísticas distintas, permitindo ao público de Coimbra contacto com a criatividade da dança contemporânea portuguesa. As edições anteriores do Mês da Dança, acolheram as obras Europa Naquele Lugarde Miguel Moreira e Romeu Runa, Alibantes de Romulus Neagu, e Um Gesto que Não Passa de uma Ameaça da dupla Sofia Dias e Vítor Roriz, e ainda Landing de Né Barros,  Hoje de Tiago Guedes ou ainda Eternuridades de Amélia Bentes. Constituindo-se já como uma marca na cidade, a terceira edição, desta vez no mês de Abril, traz ao TAGV coreógrafos de referência, com os últimos trabalhos de Rui Horta, Hierarquia das Nuvens, um regresso do coreógrafo à “dança pura”; Miguel Moreira com o seu novo projeto Pântano, que reúne intérpretes de excelência numa proposta onde convivem corpos monstruosos e santificados; e ainda a última criação de Paulo Ribeiro Sem um tu não pode haver um eu, um solo interpretado pelo próprio e inspirado no universo do cineasta Ingmar Bergman, num gesto autobiográfico, espetáculo que assinala igualmente o Dia Mundial da Dança.

Duração do Espectáculo

1h10

Faixa Etária

M/16

Preçário

7€
5€ [< 25, Estudante, > 65, Grupo ≥ 10, Desempregado, Parcerias]

12€ [Mês da Dança // 3 espetáculos]
Comprar Bilhete
  • partilhar: